Parceiros

Algumas empresas ainda estão presas nos velhos paradigmas de como fazer negócio. Em contrapartida, muitas delas não compreendem o porquê não conseguem alcançar o pleno resultado de suas estratégias.

Quando se estuda mais a fundo as organizações, é possível perceber que elas fazem parte do ambiente em que se inserem, e que existe entre a empresa e o ambiente um processo de troca, o que as qualifica como membros de um sistema aberto e em constante mudança.

Compreender as organizações como sistemas abertos, assume que há muito mais a ser gerenciado do que o planejamento estratégico em si.

Assim sendo, não adianta ter um plano de negócios minuciosamente estruturado, executivos com todo o know-how do mercado, planejamento estratégico detalhado, se não forem adotadas as estratégias corretas, nada disso irá funcionar.

Confira agora os principais erros cometidos pelas empresas, que estão as afastando do sucesso e diminuindo os seus resultados.

 

1 – Ser resistente às mudanças

Um ponto comum que se nota em empresas de todos os portes é que a resistência às mudanças é frequente e prejudica, e muito, os resultados operacionais. Esse tipo de atitude pode vir desde os colaboradores e até mesmo ter origem nos gestores, ou estar enraizado na cultura organizacional.

Grande parte dessa resistência tem relação com a tecnologia. Até mesmo estratégias simples como a criação de site, envio de e-mail marketing, investir em ferramentas de automação, criar um blog com conteúdo relevante, e outros exemplos, ainda causam desconfiança em empresas mais resistentes, o que é um grande erro.

Hoje, a maioria da população está conectada, seja pelo celular ou pelo computador. Em geral, as pesquisas iniciais sobre qualquer produto são feitas online, e se sua empresa não está inserida neste ambiente, você está perdendo negócios.

 

2 – Esquecer-se da satisfação dos clientes

Este é um grande erro, já que clientes satisfeitos aumentam consideravelmente o marketing orgânico da sua empresa, e o melhor: sem custo adicional.

Por outro lado, clientes insatisfeitos tendem a espalhar a má fama da sua marca, e em tempos de globalização e tecnologia latentes, empresas que prezam pela sua imagem e reputação devem evitar isso a todo custo.

Seja qual for o tamanho da sua empresa, saber definir bem o seu público e construir uma comunicação que fale diretamente com ele é indispensável ao sucesso do negócio.

Investir na experiência do cliente desde o primeiro contato com a sua marca, seja acessando seu site, encontrando um post interessante e inovador nas redes sociais, sanando suas dúvidas com precisão e rapidez ou no ato da compra, é certamente a melhor forma de garantir a satisfação dos seus clientes, de modo que eles se tornem verdadeiros fãs e divulgadores da sua empresa.

 

3 – Não estabelecer metas e prazos

Quando uma empresa não estabelece metas a curto, médio e longo prazo, ela tende a caminhar somente para a sua sobrevivência, sem trabalhar efetivamente para o crescimento.

Determinar objetivos a serem alcançados é uma forma de engajar a organização em prol de um rumo comum, esclarecendo a todos sua importância individual dentro daquele horizonte, bem como o que é esperado deles nesse processo.

Ao tornar esse tipo de atitude parte da cultura da organização, além de aumentar os resultados, a empresa ganha com uma equipe mais motivada e com senso de responsabilidade para o todo, além de melhoria do processo de planejamento e direção estratégicos. Ademais, quando se estabelece metas, fica mais fácil mensurá-las e acompanhar os resultados.

 

Artigo produzido pela Agência Oblige.