Blog

7 de dezembro de 2020

Call tracking e automação de marketing juntas para impulsionar vendas

Por Eduardo Correia

Enganou-se quem dizia que as tecnologias digitais — como o e-mail e os aplicativos de mensagens instantâneas — tornariam os meios de comunicação convencionais, como o telefone, obsoletos. O call tracking é prova viva disso.

A solução usada para rastrear e identificar a origem dos telefonemas para empresas tem crescido bastante nos últimos anos. E não faltam motivos para isso. Integrado à automação de marketing, o call tracking pode impulsionar ainda mais as vendas!

 

O que é o call tracking?

Imobiliárias, concessionárias, indústrias e o setor da saúde, entre outros nichos, têm muitas coisas em comum e também em contraste. Mas o call tracking tem se tornado um elemento presente em grande parte das empresas desses segmentos.

Tudo porque a tecnologia tem como premissa o rastreamento e a identificação da origem de um telefonema que a sua empresa recebeu. Assim, fica fácil saber qual estratégia rendeu o resultado esperado com base no número utilizado pelo cliente em potencial.

Às vezes, ele veio pelo Facebook Ads. Em outras, diretamente pelo Google. Independentemente da origem da estratégia que inspirou a chamada, o call tracking facilita a identificação de maneira inteligente.

 

Quais são os benefícios em utilizar esse tipo de solução?

Além desse trabalho constante de monitoramento e identificação, o call tracking é um produto de desenvolvimento interno. Afinal, ele pode gravar as conversas entre os atendentes e os clientes.

Com isso, aumentam as chances de analisar:

  • O nível do atendimento;
  • A receptividade do cliente em potencial para todo tipo de abordagem e proposta;
  • O tom de voz usado pelos clientes;
  • A rejeição mais usada — e aos tipos de solução oferecidos.

Entre outros insights valiosos para moldar e personalizar as suas estratégias de maneira gradual.

Outro ponto interessante é que, no dinamismo desta era digital em que vivemos, o consumidor já não tem tanta paciência para entrar em contato com uma empresa.

Hoje em dia, buscamos no Google três ou mais empresas e tentamos contato com elas de maneira sequencial e ágil. Se uma empresa não responder à chamada, as pessoas tendem a partir para a próxima opção. E não raras vezes, sequer tentam ligar novamente.

Nesse sentido, o call tracking pode servir como um elemento para recuperar esse contato potencialmente perdido — independentemente do motivo pelo qual o telefonema não foi atendido. Pode ser uma maneira de recuperar a oportunidade que teria ficado para trás a partir desse uso estratégico do call tracking.

 

Como automação de marketing e call tracking caminham juntos?

Soluções integradas têm elevado o poder de otimização dos resultados projetados para os seus objetivos. No caso do call tracking, já mencionamos algumas possibilidades, mas é possível ir além, de maneira consistente e gradual, a partir do uso combinado de tecnologias.

Por exemplo: o Google Meu Negócio é, atualmente, um must have para as empresas — basicamente, uma necessidade — para que os clientes em potencial encontrem as principais informações de contato da organização, facilitando o a conexão entre as suas soluções e um perfil verdadeiramente interessado em adquiri-las.

Mas não para por aí. O call tracking concentra outros recursos que, associados à automação de marketing, tornam as suas análises e estratégias mais precisas e assertivas. 

1. Rastrear chamadas

Como já mencionado, você consegue rastrear a origem das chamadas por meio do call tracking. Complementarmente, você entende:

  • Qual campanha está rendendo melhor;
  • Quais palavras-chave que geraram ligações (a partir de um número diferente de telefone gerado automaticamente pelo sistema).
  • O perfil do seu público-alvo.

Com o tempo, você só lapida melhor as campanhas planejadas para impactar esse tipo de usuário.

2. Nutrir o marketing e o setor de vendas com insights

Ao escutar as ligações atendidas, os vendedores podem ser treinados, como já mencionamos.

No entanto, o setor de marketing também é amplamente beneficiado pelos dados compilados com o call tracking. Cada ligação possui insights valiosos para a geração de conteúdo educativo e de qualidade. É uma oportunidade única para acompanhar aquilo que, normalmente, esses profissionais não têm a oportunidade: a relação do vendedor com os prospectos e consumidores.

Isso sem falar na possibilidade de entender o tom de voz da sua audiência, a abordagem que funciona e, posteriormente, também vai servir para dialogar com o público-alvo por meio de conteúdos e tornar a jornada de compra ainda mais rápida e eficiente.

Lembrando que a automação de marketing, associada ao call tracking, pode gerar dados importantes em qualquer etapa do funil de vendas — seja para o desenvolvimento de e-mails ou só para elaborar a pauta no calendário de conteúdo da empresa.

 

Como dar o primeiro passo?

O call tracking é uma tecnologia que desmistifica os rumores de que meios de comunicação convencionais estão com os dias contados.

De maneira generalizada, é fácil destacar que a solução dá ainda mais poder, autonomia e flexibilidade para os setores de marketing e de vendas. Alinhe-se a um tipo de produto que pode enriquecer ainda mais ambos os departamentos e comece seu planejamento da maneira mais acertada possível.

E para saber ainda mais pontos relevantes sobre o assunto, você pode acessar gratuitamente — e na íntegra — uma conversa que tivemos com Caio Vaz, da Phonetrack. Nesse bate-papo, não vão restar dúvidas sobre a importância do call tracking e como você pode combiná-lo às suas ações de marketing digital. Para isso, basta clicar aqui para ter acesso ao vídeo!

Compartilhe



Conteúdo relacionado

Quer ficar por
dentro das novidades do nosso blog?
Assine nossa newsletter.

Go to Top