Blog

27 de março de 2018

KPI: como escolher o melhor para as suas campanhas

Por Eduardo Correia

Você já sabe que é impossível trabalhar com marketing de conteúdo sem planejamento e monitoramento dos resultados. Do contrário, você estará prestando um serviço em vão, desconexo e sem retorno financeiro. Resumindo: seu ROI (Return on Investment) dificilmente será positivo.

Mas dentre tantas nomenclaturas utilizadas no universo do marketing, é natural se perder ou mesmo confundi-las. Pense rápido! Métrica, meta, objetivo e KPI: são a mesma coisa? Você sabe utilizá-los nas suas campanhas? Por isso estamos aqui: para mostrar para você o significado de KPI e ensinar qual escolher para suas estratégias online.

Afinal, o que é KPI e qual a sua relação com o inbound marketing?

A sigla em inglês significa Key Performance Indicator; em português, Indicador Chave de Performance. Pois bem, pensando numa lógica simples: objetivo é onde a empresa quer chegar, a meta é o objetivo de forma quantificada, métricas são estatísticas gerais e dados brutos (entenda neste post que fizemos para você: “O que é métrica? Saiba como utilizá-las para mensurar resultados de marketing”) e o KPI é um indicador criado a partir de métricas para medir resultados.

Ainda confuso? Vamos aos exemplos:

  • Objetivo: aumentar visibilidade do meu site;
  • Meta: alcançar 10 mil visualizações em três meses;
  • KPI: analisar a audiência por meio de métricas como número de visitantes únicos, returning visitors e visualizações de página.

Deu para entender que os KPIs fazem parte da inteligência de negócio, pois permitem avaliar os resultados e transformar os números (métricas) em conhecimento valioso para, assim, optar por ações prudentes e sólidas. Os indicadores nos ajudam a decidir se os projetos estão caminhando de forma satisfatória ou se é necessária uma mudança de rumo.

Sendo assim, o KPI dependerá sempre do seu objetivo. Não podemos “copiar” KPIs de outras campanhas, pois eles somente existirão com base no planejamento estratégico. No marketing digital, podemos elencar os principais objetivos e KPIs. Confira a seguir.

Principais KPIs do inbound marketing: por que e como usá-los

Com o intuito de nortear o melhor caminho para as suas campanhas, separamos os indicadores imprescindíveis para suas estratégia online dentro dos principais contextos existentes:

  • Automação de e-mail: taxa de cliques, taxa de conversão e taxa de crescimento da lista;
  • Landing pages: visualizações, conversões, taxa de rejeição;
  • Leads: CPL (Custo por Lead);
  • Vendas: tíquete médio (quanto os seus clientes gastaram, em média, com seus serviços ou produtos online).

O acompanhamento dos seus KPIs deve ser realizado no mínimo mensalmente. Essa periodicidade também dependerá do seu objetivo e da sua campanha. Quanto mais você tiver os resultados sob controle, maiores serão as chances de sucesso.

“Mas como monitorar tantos números, fazer essas análises e ainda gerar relatórios sozinho? Não tenho tempo para isso!”. Calma, você não é o único. E é por isso que já existem no mercado ferramentas como a SharpSpring, para propiciar praticidade na sua estratégia digital.

A SharpSpring informa as principais métricas de automação, conversões e até mesmo propicia a gestão dos clientes e dos leads facilmente. Você consegue gerar relatórios sobre seu blog, sua automação e formulários em segundos, tornando-se fácil analisar seu ROI, Custo de Aquisição do Cliente (CAC), seu Customer Lifetime Value (CLV) e todos os outros indicadores que você escolher para sua campanha!

Conheça os principais recursos da SharpSpring e saiba como utilizá-los para simplificar a rotina de acompanhamento dos seus KPIs.

Compartilhe



Conteúdo relacionado

Quer ficar por
dentro das novidades do nosso blog?
Assine nossa newsletter.

Go to Top