Blog

28 de dezembro de 2017

O que é case?

Por Eduardo Correia

Quando estamos na dúvida sobre a aquisição de um produto ou serviço, normalmente, o fator decisivo é a indicação de uma pessoa ou mesmo a comprovação de que alguém obteve resultados satisfatórios.

No contexto do marketing, em que os clientes nem sempre sabem o que querem, por vezes não entendem do assunto ou mesmo negligenciam a área, uma carta na manga indispensável é um documento que comprove os resultados da sua estratégia.

Portanto, a criação de cases tem sido uma tática importante para que empresas de diversos segmentos, principalmente de marketing, apresentem informações sobre a efetividade dos serviços prestados.

Além disso, os cases auxiliam no processo de definição de metas para constante crescimento. Afinal, há sempre uma maneira de melhorar os resultados e aprender com as experiências passadas.

O tema, entretanto, ainda causa dúvidas, principalmente no momento em que empresas decidem que precisam estruturar um case para apresentar aos parceiros e clientes potenciais.

Por isso estamos aqui para  explicar o que é case e para quê ele serve. Ah! Você ainda vai aprender como estruturar um case excelente para a sua agência. Vamos lá?

O que é case e para quê ele serve

Business case, ou seja, um “caso de negócio” é uma experiência de trabalho marcante que merece ser estudada. Um case de sucesso é um job bem sucedido oferecido pela sua agência a um cliente, ou seja, uma história que pode ser usada como modelo a se seguir.

Você agora deve estar pensando em quais trabalhos ficaram marcados ao longo da história da sua empresa. Lembre-se daqueles momentos em que você se sentiu orgulhoso e confiante devido à satisfação do cliente e ao evidente reconhecimento pelo trabalho que gerou resultados positivos.

Ótimo, porque você vai precisar desse ou desses cases para conquistar novos clientes, aprimorar seus serviços e treinar a sua equipe (é importante todos saberem dos principais resultados positivos gerados pela agência e, também, dos fracassos que levaram a insights importantes e a um aprendizado inesquecível).

Como estruturar um case atrativo e convincente

Sabendo o que é case, você já consegue seguir os próximos passos para estruturar o seu! Primeira coisa: anote! Papel e caneta em mãos ou abra um documento no seu computador. Vamos às principais dicas:

  • Cuidado com informações confidenciais. A intenção não é expor seus clientes. Isso pode pegar mal para você. Portanto, solicite autorização do seu cliente para divulgação das informações relevantes;
  • Seja objetivo e claro: nada de contar uma história longa. A pessoa pode achar que você está “enchendo linguiça” ou mesmo perder o interesse na informação;
  • Capriche no layout da apresentação do case: legibilidade e imagens que chamam atenção podem deixar seu cliente ainda mais atraído por sua história. Use gráficos a seu favor.

Passo a passo para estruturar seu case:

  1. Uma coisa de cada vez: conte bem a sua história. Responda a essas perguntas básicas: O quê? Quem? Onde? Como? Quando? Por quê?;
  2. Comente sobre as metas traçadas e as metas atingidas;
  3. Fale sobre sua estratégia;
  4. Mostre resultados quantitativos. Explore os números!;
  5. Faça comparação de dados;
  6. Evidencie os benefícios alcançados;
  7. Utilize uma linguagem simples. Nada de termos técnicos não explicados;
  8. Explore depoimentos: se for um case indireto feito por você (que fale sobre um cliente), busque depoimentos do cliente que validem todos os dados e o relacionamento com a empresa; se for um case sobre você (empresa), busque depoimentos dos colaboradores que atuaram durante o processo.

Com as informações destacadas acima, você conseguirá aproveitar todo o potencial dos projetos executados para compor uma apresentação final objetiva e atrativa e, o melhor: capaz de compartilhar resultados de forma transparente.

E como os resultados reais são o recurso mais eficaz de persuasão, é preciso contar com ferramentas capazes de gerar dados completos sobre sua estratégia.

Por isso, neste artigo, saiba como a automação de marketing pode ajudar a sua agência e seus clientes a obterem esses dados para aperfeiçoar a avaliação de desempenho e atuar na construção de cases com informações ricas.

Compartilhe



Conteúdo relacionado

Quer ficar por
dentro das novidades do nosso blog?
Assine nossa newsletter.

Go to Top